Pesquisar neste blog

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

A nossa alegria é estar na presença de Jesus (Mc 2,18-22) (21/01/08)

A nossa alegria é estar na presença de Jesus

        O Evangelho de hoje poderia ser dividido em duas partes. Na primeira, a lição é sobre o que deve nos trazer alegria, e a segunda parte é sobre que regras devemos seguir.

        Na primeira parte, Jesus é questionado sobre o porquê de seus discípulos não jejuarem, já que os discípulos de João Batista e dos fariseus jejuavam. Jesus responde de forma metafórica: "Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum, enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar. Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles irão jejuar." Jesus se coloca como o noivo, e os seus discípulos como os convidados do casamento. ENTÃO QUEM SERIA A NOIVA? Você já pensou nisso? A noiva somos todos nós, povo de Deus. Lembra da parábola das 10 virgens? Elas tinham que ter a lâmpada e o óleo para poder entrar na festa com o noivo. Nós também temos que estar preparados para quando formos nos encontrar com o noivo. Numa visão machista, esse negócio de ser noiva de Jesus é uma coisa meio estranha; mas como uma metáfora, o casamento a que Jesus se refere representa uma grande festa de UNIÃO entre Deus e o seu povo. A maior de todas as festas!

        A segunda lição de hoje é que não se usa remendo novo em roupa velha; nem se põe vinho novo em odres velhos. O que isso significa? Que não daria para Jesus vir apenas para remendar as velhas leis da Antiga Aliança. Jesus veio para fazer uma nova "legislação", onde as leis são bem mais simples e resumidas em uma só palavra: AMOR. Assim como um odre velho não recebe o vinho novo, pois se arrebentaria, as pessoas que estão mergulhadas em regras e leis que não são as de Jesus, não irão conseguir assimilar a "Lei do Amor" e juntá-la à "Lei do Dinheiro" ou à "Lei do Jeitinho Brasileiro", pois elas não combinam. Quem quiser seguir Jesus precisa "nascer de novo", tornar-se novo, para receber esse vinho novo e vestir a roupa nova que nos levará à maior de todas as festas!

 

Jailson Ferreira

jailsonfisio@hotmail.com



Um comentário:

  1. Nossa, tinha a maior dúvida nesse evangelho. Tirou todas.

    ResponderExcluir