Pesquisar neste blog

sexta-feira, 7 de setembro de 2007

E você? É um odre novo ou um velho? (Lc 5,33-39) (07/09/07)

E você, é um odre novo ou um velho?

        No Evangelho de hoje, Jesus é de uma sutileza incrível! E quem não parar para refletir por alguns momentos, vai deixar passar uma mensagem, no mínimo, profunda...

        Na primeira parte, os fariseus tentam, novamente, colocar Jesus contra a parede. E mais uma vez Jesus responde com toda a autoridade que enquanto o noivo está presente, os convidados devem comemorar. Mas que vai chegar o momento em que o noivo será tirado deles, e aí sim, eles jejuarão. Esta parte é muito clara para nós, pois nós já sabemos o que aconteceu com Ele, mas para os que estavam lá, essas últimas palavras não devem ter sido muito bem entendidas.

        Mas se já não devem ter entendido bem a primeira parte, a segunda, então, deve ter sido um verdadeiro enigma para eles. A sutileza de Jesus foi impressionante. "Remendo novo em roupa velha: vai rasgar a roupa nova, e não vai combinar com a roupa velha." O que é a roupa nova, e o que é a roupa velha? Vejamos...

        A estrutura religiosa que existia na época de Jesus era muito complicada... Durante muitas décadas, talvez séculos, os fariseus e doutores da lei pegaram a Torá e outros livros sagrados, e foram formando uma doutrina cheia de regras. Só para citar algumas: no sábado não se podia amarrar as sandálias, porque isso era um trabalho; nem podia cortar unhas, cabelos ou barba; e um médico não podia socorrer alguém, a menos que estivesse em risco de vida. E existiam mais de 300 regras assim, a serem seguidas. Jesus veio trazer a Boa Nova do Reino dos Céus, e não se submeteu as regras impostas pelos fariseus. A doutrina de Jesus era a "roupa nova": amem-se uns aos outros como eu vos amo, o Reino é dos pequeninos, quem for maior dentre vós deve ser o primeiro a servir... Nada disso combinava com a "roupa velha" dos fariseus. E não adiantava enxertar alguns dos ensinamentos de Jesus na "roupa velha" dos fariseus, porque simplesmente "não combinaria".

        Até que ponto nós criamos regras sem sentido para a nossa vida, e se as pessoas não respeitarem, nós ficamos chateados? Por exemplo: "ninguém pode sentar no meu lugar à mesa", "tenho que dormir depois do almoço", "não posso repetir a roupa numa festa"... Jesus vem para acabar com todas as regras sem fundamento, e trazer a REGRA DE OURO: Amai a Deus sobre todas as coisas, e amai ao próximo como a si mesmos. E só!

        A continuação é ainda mais interessante: "Vinho novo em odres velhos: o odre se quebra e o vinho se perde." O "vinho novo" é a Boa Nova, e O "ODRE VELHO" É AQUELA PESSOA QUE NÃO TEM A CAPACIDADE DE RECEBER O "VINHO NOVO". Você já tentou ensinar a alguém que parece não estar entendendo nada do que você está dizendo? É como tentar empurrar vinho novo em odre velho... se forçar muito, ele quebra. "Vinho novo é para ODRES NOVOS". Agora ficou fácil: "ODRE NOVO" É AQUELA PESSOA QUE ESTÁ ABERTA PARA RECEBER O "VINHO NOVO". É assim que nós devemos ser: ETERNOS APRENDIZES, e nunca nos fecharmos para aprender algo novo.

        Mas o melhor ficou pro final... O vinho novo vai envelhecendo dentro do odre... e a medida que vai envelhecendo, vai ficando mais saboroso.... a ponto de quem provar do vinho velho, não querer mais do vinho novo! O "vinho" que jorrava de Jesus era o "vinho velho", da melhor qualidade. Por isso que quem provava, não queria saber de nenhum outro. E assim o seu time de discípulos só aumentava... Muitos dos discípulos de João Batista e até dos fariseus passaram a ser discípulos de Jesus.

        E agora, você está mais para odre novo ou odre velho? Ainda está aberto(a) para aprender, ou acha que já sabe o suficiente? E o seu vinho, que tal envelhecê-lo aos poucos e oferecê-lo para nós? O mundo precisa muito do seu vinho...

Jailson Ferreira

jailsonfisio@hotmail.com

13 comentários:

  1. Muito obrigada! Sua reflexão abriu meus olhos para essa reflexão. Está perfeita!

    ResponderExcluir
  2. Isso tudo que foi comentado em seu estudo é a pura verdade, trazendo para os dias de hoje muitos incluindo a minha pessoa, tem se colocado no lugar de odre velho ou vinho novo!
    A realidade é que as vezes estamos centralizados em algo que na realidade o nosso alvo esta em direção errada. Agora sim sou pela fé um odre novo, e sim um vinho velho, pois o vinho velho todos procuram mais para saborear. Quero ser apreciada para ganhar muitas lamas para Jesus.

    ResponderExcluir
  3. Excelente! Obrigada por ajudar no entendimento desse Evangelho.

    ResponderExcluir
  4. Estar aberto para ser um odre novo só é possível com a abertura da porta maior do nosso corpo : CORAÇÃO.
    Parabéns pela reflexão!!!Continue lançando as sementes para cultivar ODRES rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Parabéns, Grande reflexão. Muito Obrigada !

    ResponderExcluir
  6. Muito obg me esclareu algumas dúvidas com relação a essa passagem. Que Deus abênçoe.

    ResponderExcluir
  7. Amei a explicação facilitou ao entendimento,Deus abençoe..

    ResponderExcluir
  8. INTROSPECTIVO. Penetrou fundo no meu coração. Que DEUS continue te usando ...

    ResponderExcluir
  9. Amém,agora entendi a revelação da palavra, muito obrigado!

    ResponderExcluir