Pesquisar neste blog

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Como devemos agir com quem nos ofendeu? (Mt 18,15-20) (15/08/07)

Como devemos agir com quem nos ofendeu?

A lição do Evangelho de hoje tem algumas entrelinhas interessantes para aplicarmos na nossa prática diária... Jesus diz: “Se teu irmão pecar contra ti, vai corrigi-lo, mas EM PARTICULAR, À SÓS CONTIGO!” Jesus não diz pra falarmos da ofensa daquela pessoa para outras pessoas, ou para ficarmos ressentidos com aquela pessoa e guardarmos a mágoa que temos por ela por tempo indeterminado... Veja que o que Jesus nos pede exige de nós um esforço enorme... Imagine quantas pessoas já fizeram algo que nos sentimos de alguma forma ofendidos, e qual foi a nossa atitude na maioria das vezes? Ir até ela e conversar em particular? Ou guardamos aquela ofensa em um grande arquivo na nossa memória, com o nome daquela pessoa... Limitando as possibilidades de uma boa amizade e de um aprendizado mútuo... Ou será que nós usamos aquela ofensa como uma verdadeira arma contra aquela pessoa, para mostrar o quanto ela é má, e o quanto fomos ofendidos por ela...

Chegar para uma pessoa e conversar sobre algo que nos ofendeu pode parecer algo distante da nossa realidade... Mas é exatamente isso o que Jesus nos pede. Muitas vezes, a pessoa que nos ofende está dentro da nossa casa, e nem sabe o quanto está nos ofendendo, porque nós nunca chegamos para dizer a ela.. Às vezes é uma pessoa com a qual convivemos diariamente no trabalho ou no estudo, e essa mágoa que guardamos dela nos corrói aos poucos...

Para quebrar essa barreira é preciso despir-se do orgulho, esse sentimento que aparentemente nos livra de uma situação desagradável, mas que nos afasta das pessoas...

Pessoalmente, eu não consigo imaginar uma pessoa religiosa passar muito tempo magoada com quem quer que seja. Ao invés de ficar magoada, ela pode simplesmente perdoar e esquecer a ofensa, ou chegar até a pessoa e se permitir um momento de aproximação e de aprendizado que pode dar alicerce a uma grande amizade.

Portanto, a lição que fica pra hoje é essa: pensar nas pessoas que nos ofenderam (o que não é difícil...) e analisar, com muita misericórdia, uma forma de se chegar até ela e conversar sobre isso, sem acusações, mas na intenção de abrir os olhos daquela pessoa para algo que talvez ela esteja fazendo sem perceber...

Jailson Ferreira
jailsonfisio@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário